Confira a lista de todos os documentos e relatos disponíveis na Relatoria Colaborativa 2.0

 DOCUMENTOS FINAIS DO CONGRESSO

Cartas

Carta Agroecológica do Cerrado

Carta Agroecológica da SOCLA

Moções

Apoio ao CEDAC

Denúncia ao pacote do veneno: Por uma Política Nacional de Redução de Agrotóxicos

Repúdio às práticas patriarcais, machistas e racistas

RELATOS DE ATIVIDADES DA TRILHA 1

Educação em Agroecologia           

#AT10 - Ensinando sobre plantas medicinais na escola     

#AT70 - Troca de experiências sobre educação em agroecologia

#AT99 - Painel V - Educação em Agroecologia: Práticas e Saberes na perspectiva contra hegemônica
Construção do conhecimento agroecológico

#AT9 - Educação do campo e educação em agroecologia: diálogos e convergências

#AT86 - Experiências de Construção do Conhecimento voltadas a públicos diferenciados na AL

RELATOS DE ATIVIDADES DA TRILHA 2

Juventudes e Agroecologia

#AT11 - Plenária das Juventudes da América Latina pela Agroecologia         

#AT31 - Juventude, Educação e Agroecologia: Desafios para a permanência das Juventudes no Campo e Sucessão Rural
Mulheres e Agroecologia

#AT12 - Feminismo e agroecologia: mulheres em luta contra a Violência sexista, o capitalismo e o patriarcado
#AT26 - Painel I - Sem Feminismo não há Agroecologia   

#AT71 - Mulheres e agroecologia: avanços na economia feminista e solidária

RELATOS DE ATIVIDADES DA TRILHA 3

Políticas públicas e conjuntura

#AT13 - Fortalecimento da agenda agroecológica: cooperação intra-regional e Small Grants Programme (GEF/PNUD)

#AT48 - Políticas públicas na construção da segurança e soberania alimentar e agroecologia**

#AT73 - A Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica no Brasil

#AT89 - Avanços e limites da institucionalização na Agroecologia
Campesinato e soberania alimentar

#AT65 - Painel IV - Campesinato e Soberania Alimentar na América Latina
Estratégias econômicas em diálogo com a Agroecologia


#AT33 - Agroecologia, agrobiodiversidade e valoração das funções ecossistêmicas

#AT104 - Diálogos entre Agroecologia e as Economias Críticas

#AT105 - Construção Social de Mercados
Agroecologia e resiliência socioecológica às mudanças climáticas e outros estresses


#AT100 - Painel VI - Agroecologia e Resiliência às Mudanças Climáticas

RELATOS DE ATIVIDADES DA TRILHA 4

Conservação e manejo da sociobiodiversidade e direitos dos agricultores e povos e comunidades tradicionais


#AT20 - Encontro internacional de guardiões e guardiãs de sementes crioulas

#AT21 - Métodos de pesquisa sobre Agrobiodiversidade **

#AT34 - Estratégias para o Reconhecimento de Territórios Tradicionais

#AT58 - Ferramentas de diálogos no manejo comunitário da agrobiodiversidade, melhoramento participativo e empoderamento camponês **

#AT74 - Territórios, Direitos e Resistências: Relatos dos Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais **
Manejo de agroecossistemas e agricultura orgânica


#AT19 - Manejo Agroecológico dos Solos **

#AT51 - Abelhas e os Serviços de Polinização **

#AT52 - A inteligência da floresta aplicada ao manejo de agroecossistemas: revoluções no campo e nas pessoas

#AT55 - Manejo Agroecológico de Pastagens com enfoque em práticas de manejo**

#AT56 - Desenho de Paisagens Agrícolas: Planejamento de Sistemas de Produção de Base Agroecológica**

#AT79 - Agroecologia em Cuba: avanços e desafios(Dia 14)

#AT80 - Oficina sobre Meliponicultura**
Agrotóxicos e organismos geneticamente modificados


#AT17 - Auto apresentação das organizações que lutam contra agrotóxicos e OGMs

#AT57 - Novas Biotecnologias I: riscos e ameaças

#AT64 - Painel III - Agrotóxicos, Transgênicos e Agrobiodiversidade

#AT95 - Novas Biotecnologias II: riscos e ameaças
#AT108 - Por uma Ciência Cidadã: Articulação na Luta Contra os Agrotóxicos - Compromissos
Agroecologia e agriculturas urbana e periurbana


#AT37 - Exposição de experiências: visualizando os contextos das agriculturas urbanas no Brasil

RELATOS DE ATIVIDADES DA TRILHA TRANSVERSAL

Memórias e história da Agroecologia

#AT27 - Painel II - Memória da Agroecologia
Geral

#AT1 - Mística de abertura - Memórias da Agroecologia

#AT2 - Boas Vindas e Caminhos do Congresso

#AT3 - Mesa de Abertura

#AT4 - Conferência de Abertura - Agroecologia na Transformação dos Sistemas Agroalimentares na América Latina: Memórias, Saberes e Caminhos para o Bem Viver

#AT23 - Redação Científica em Agroecologia promovido pela Revista Brasileira de Agroecologia**

#AT24 - Apresentação oral de trabalhos**

#AT28 - CINE AGROECOLOGIA**

#AT45 - Marco referencial de agroecologia da Embrapa: percepções, conquistas e desafios

#AT60 - Apresentação oral de trabalhos**

#AT61 - Feira de Troca de Sementes Crioulas – Abertura

#AT62 - Apresentação oral de trabalhos**

#AT68 - Revista Brasileira de Agroecologia - novas dinâmicas**

#AT85 - Agroecologia, saúde e alimentação

#AT112 - Palestra de encerramento(Dia 15) Obs: as atividades 113 e 114 estão incluídas no relato da atividade 112.

Caminhos do saber **

Obs: ** relatos espontâneos

Congresso em números

O VI Congresso Latino-americano de Agroecologia, X Congresso Brasileiro de Agroecologia e o V Seminário de Agroecologia do DF e entorno foi realizado em Brasília, no período de 12 a 15 de setembro de 2017, no Centro de Convenções Ulisses Guimarães.  

 O congresso reuniu 4.202 pessoas inscritas de 25 países. Argentina, México, Colômbia, Chile, Equador e Uruguai foram as maiores delegações estrangeiras do congresso. Em sua maioria, os participantes eram estudantes (1625) e agricultores (779), sendo 450 camponeses do campo unitário, entre outros. O Distrito Federal foi a unidade da federação com mais representantes, seguido por Minas Gerais, Pará e São Paulo.

 Houve 150 vagas pela rede de hospedagem solidária, 240 leitos em alojamento e 2 mil vagas em acampamento. Foram construídos oito sanitários e 20 chuveiros ecológicos nos acampamentos do Parque da Cidade. Todos serão doados para a continuidade de capacitação e formação.

 O Cine Agroecologia exibiu dezenas de filmes e 13 grupos se apresentaram na programação cultural. Participaram da cobertura colaborativa 28 redes com profissionais de comunicação. 156 mil pessoas foram alcançadas com as publicações.

Foram registradas 1500 visitas à feira nos dois primeiros dias de evento, onde foram montadas 80 bancas, sendo três internacionais. A feira de troca de semente crioulas contou com 77 guardiãs e guardiões, entre indígenas, quilombolas e extrativistas.

Mais de 2.200 trabalhos foram apresentados. No Mapa da Agroecologia mais de 150 locais foram registrados.

A programação contou com 130 atividades, em cinco formatos e com grandes inovações: linha do tempo da Agroecologia (ou rio do tempo), relatos populares em rodas, Caminhos do saber, Relatoria Colaborativa 2.0, além do fortalecimento e consolidação da feira agroecológica e da sociobiodiversidade.

Caminhos do saber

Caminhos do Saber – Casa da Reforma Agrária 

Arquivo: Programação dos Caminhos do Saber

Relato:

Foram expostos 12 painéis 2,20 x 0,85 m contando a história da ocupação da terra no Brasil desde a chegada dos portugueses até os dias atuais. Destacando eventos  como a Guerra de Canudos, publicação do Estatuto da Terra em 1964, empates liderados por Chico Mendes, massacre de Eldorado dos Carajás, conflito em Anapu-PA que culminou na morte de Dorothy Stang, dentre outros. O espaço contou ainda com exposição de fotografias de assentamentos, e ainda teve uma exposição de produtos agroecológicos in natura produzidos nos assentamento, e produtos beneficiados em agroindústrias geridas por  associações  ou cooperativas da reforma agrária. Foram distribuídos livros e lançados cinco vídeos com experiências de produção agroecológica em cincos projetos de assentamento distribuídos em 5 biomas brasileiros: Cerrado, Caatinga, Mata Atlântica, Pampa e Amazônia, realizados especialmente para o X Congresso Brasileiro  de Agroecologia.

Relatora: Débora Guimarães- INCRA

Notícias:

Emater

Ministério do Meio Ambiente